quinta-feira, 24 de novembro de 2011

A partida.


Hoje estamos no dia 24/11/2011 um dos dias que eu nem posso me relembrar, já se fazem três anos depois da sua partida. Cheguei agora pouco em casa, depois de passar o dia trabalhando, todos estavam dormindo, entrei no meu quarto quieta, sentei na cama e olhei pro porta retrato que está do lado da cama, olhei a foto de nos dois juntos abraçados. Não da mais pra fugir, nem desviar os pensamentos, nem mentir a falta que me faz, eu não posso mentir, porque meus olhos enchem de lágrima de lembrar de você. Nesta tarde me relembrei dos últimos dias que passamos juntos, eu queria tanto voltar naquele tempo, eu queria poder ter sentir pela última vez, pra mim poder me sentir viva de novo. Porque a minha única alegria era estar ao seu lado, poder sorrir com você, depois que você se foi não sou a mesma, a partir deste dia você levou uma parte de mim junto com você. Tem vezes que sinto você ao meu lado, tem vezes que sento na área olho pro portão pra ver se você vai chegar, fico lá horas esperando por você, e nesse tempo que fico a sua espera, eu lembro dos momentos que passamos juntos. Sinto falta do chá que fazia de manhã pra mim, o melhor chá de todos. Tudo que fazia pra mim era melhor que de qualquer pessoa, não sei, mais o que você fazia pra mim era diferente e melhor, se outra pessoa fizesse igual pra mim não ia estar do meu gosto, tinha que ser feito só por você.  Sinto falta dos seus churrascos, muita falta da carne que fazia pra mim, o seu tempero não tinha imitação era o melhor, se em um domingo não fizesse o churrasco eu cobrava a carne. Poder sair, ir pra praia o lugar onde você mais gostava de estar, e é um dos lugares que eu não gosto de mais ir, por lembrar de você e saber que é um dos lugares que mais admirava em estar.  Lembro-me das suas manias, do seu cheiro, sim podem se passar três anos e me lembro do seu cheiro, na verdade podem se passar trinta anos, vou me lembrar de você em cada detalhe como se eu tivesse acabado de te ver. Porque meu amor por você é eterno, farei questão de acordar todos os dias me lembrar de tudo pra nunca se apagar da minha memória. Quatorze anos da minha vida, mais que aproveitados, mais que vividos ao seu lado, além de tudo jamais esquecidos e sim relembrados, com uma total alegria e saudade. Eu pensei em descrever os detalhes mais marcantes da minha vida com você, dizer meu dia-a-dia mais resolvi não dizer, deixar guardado dentro de mim. Mais pode ter a certeza que foram os melhores, não sei se consegue se relembrar que eu amava pegar na sua mão, poder fazer carinho nela, a todo o momento. Sabe porque ? Porque, poder segurar na sua mão é como se fosse a minha base de poder seguir, eu precisava segurar na sua mão sempre pra me sentir segura, tranquila, se eu não pudesse segurar nela um instante eu despencava. Agora, eu sigo em frente sem medo de cair, por mais que eu não tenha a sua mão pra segurar eu terei todo amor que sinto por você pra poder vencer qualquer coisas. Eu nunca irei te esquecer, eu sei que um dia vamos nos encontrar, mais eu queria poder de abraçar agora, sentir o seu cheiro, pegar mais uma vez na sua mão pra me sentir viva por um instante. Já são 00:36 estou fazendo esse texto pra você nono, onde você está agora neste momento, porque  não está comigo agora, não aguento mais chorar nesta noite, minha cabeça dói, meu choro é tão baixinho pra ninguém daqui de casa escutar eu chorando. Espero que no lugar onde esteja você lembre de mim, possa olhar por mim, espero que sinta a mesma saudade que sinto de você em cada amanhecer dos meus dias. No longo desse tempo aconteceram tantas coisas, nossa família aumentou, novos membros entraram, aposto que ficaria feliz se tivesse entre nos, todos fazem questão de lembrar de você sempre. E cada um da família tem um objeto seu, pra pode relembrar sempre da pessoa amável e especial que foi para todos. A dor da sua partida me fez amadurecer. Pra mim você foi mais que meu avô, foi meu amigo, meu pai, meu tio, minha mãe, minha avó, simplesmente você foi meu tudo. Eu te amo além da eternidade, espero encontrar-te em breve. Não pude falar muito, as lágrimas não deixaram.

sábado, 5 de novembro de 2011

A dor.

Eu sei que é difícil. Eu sei que dói e que vai doer mais a cada dia que se passar, eu sei que respirar sabendo que ela não é mais sua, vai doer. Sei que ouvir o nome dela, e saber que o nós virou passado vai doer. Eu sei que a vontade de ler tudo de novo, a vontade de ver fotos, conversas, momentos, vai ser maior. Eu sei que a vontade de cortar os pulsos vai ser tentadora, porque suportar uma dor externa vai parecer mais fácil que suportar a dor interna. A dor que a partida dela lhe causou. Sei que deixar tudo de lado para se focar apenas na sua dor, vai ser uma das suas escolhas mais prazerosas, e sensatas. Mas não vale a pena. Chore tudo que você tiver que chorar. Lembre de tudo que você tiver que lembrar. Tire um dia só para falar dela. Embriague-se dela, tenha uma overdose dela, repita o nome dela dentro da sua cabeça mil e uma vezes. Pense nela antes de dormir, e refaça os seus diálogos. E então, no dia seguinta, acorde para uma vida nova. Deixe ela, e tudo do dia passado, ali, no passado. Não cometa o mesmo erro que eu, não faça isso pouco a pouco. Não deixe essa dor se arrastar, não deixe isso se transformar em uma semana, em um mês, em um ano. Não prolongue o que não existe, não faça com que o tempo da sua dor seja maior que o amor de vocês. Entende? Não é fácil, é insuportável. É como carregar um peso de cem quilos nas costas. Mas por favor, não cometa o mesmo erro que eu. Não diga que tudo está bem quando tudo está uma grande merda. Não diga que não sofre, quando sofrimento é a única coisa que preenche o vazio que ela deixou. Não sorria fingindo uma alegria que não exista. Sofra. Sofra até que esse sofrimento te faça cair, até que esse sofrimento te corroa por completo, e pronto, chega. Não deixe que isso se torne seu ar, não deixe que seu coração bata em função disso, e nem que seus pensamentos vaguem em função disso. Passou. Daqui um ano você vai olhar pra trás e vai pensar: Caralho, como eu sofri. Como eu chorei até meus pulmões implorarem por ar. Como eu me machuquei até sentir todo meu corpo adormecido, até não sentir nada, e ainda assim, sentir você. Como eu gritei, e em resposta só obtive o silêncio. Mas então, foda-se. Foda-se mesmo. Não vire uma masoquista, por favor. Não se engane, não negue, não esconda, mas quando a dor sumir, e você tiver que levantar, não escolha continuar no chão apenas para continuar com a sensação de ainda ter. Porque não, a dor não te deixa mais próximo dela. A dor não é capaz de fazer seu coração saltitar, como ela fazia. A dor não tem o cheiro intoxicante de tabaco. A dor não te acolhe em seus braços em noites de tormenta. A dor não te ama, como um dia ela jurou te amar. A única coisa que a dor faz, é te acompanhar durantes todos os dias. Para sempre. Coisa que ela não foi capaz de fazer. Ela se foi e você, mesmo sem querer, aprendeu a viver sem ela. Agora, você precisa aprender a viver sem ela a dor. Você precisa fazer apenas uma coisa: Viva... Sem ela e sem dor.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Sentimentos diferentes vão nascendo ao decorrer dos dias, eu entendo a vida dependendo do momento e talvez seja por isso que mudo de humor facilmente .

Minha terapia.

Esses dias me serviram como terapia. Percebi que as perdas nos fazem forte, então a saudade que eu sinto se transformou em compreensão, a tristeza se transformou em felicidade e as lágrimas se transformaram em esperança. E todos os dias eu acordo com um pensamento diferente, aquela pessoa que estava em minha cabeça, agora não vive mais lá e eu acordo pensando, simplesmente, na vida. Antes, que todos me consolavam e não deixavam de seguir o dia sem me perguntar como eu estava, agora não se preocupam. E eu acho que prefiro assim, todas aquelas pessoas que me serviam como ombros amigos, ombros que carregavam minhas lágrimas, como bocas que diziam palavras consoladoras, agora são simplesmente amigas. Aqueles amigos hoje ficam felizes em me ver alegre e também não seguem o dia sem me perguntar como eu estou. Então eu acho, sinceramente, que eu prefiro a felicidade. Prefiro esse clima bom de sorriso no rosto, novas experiências e coração aberto. Agora eu estou tão forte! Estou preparada para viver a vida que eu tanto quis, preparada para tudo aquilo que antes me fazia desabar. E como último pedido eu espero, realmente, que você  me deixe. Eu não sei o quê, não sei pra quê, mas eu quero, eu preciso. Preciso que me deixe seguir, e ao mesmo tempo, espero que você seja feliz e me guarde bem no fundo do seu coração. Talvez um amor bem escondido, talvez não. Eu não sei, simplesmente. Eu só preciso que você me deixe, como parte final da minha terapia. Só assim eu vou me convencer de que estou bem outra vez. 
Eu procuro um amor, que ainda não encontrei, diferente de todos que amei. Nos seus olhos quero descobrir. Uma razão para viver e as feridas dessa vida eu quero esquecer (8) -Frejat

sábado, 22 de outubro de 2011

Inquestionavelmente.




Eu leio um milhão de palavras e só depois percebo que você está em todas elas. Percebo que todas as músicas que ouvi até hoje servem para te dizer o que meu coração ainda não consegue traduzir. Percebo que os textos que guardei em minha mente estavam destinados a apenas uma pessoa. Você demorou tempo demais para aparecer. E eu demorei tempo demais para entender a forma com que o amor pode verdadeiramente mudar as coisas. Mudar as nossas motivações. Enquanto observo a chuva caindo lá fora, ensaio aquelas velhas frases que não puderam ter destino. Sei que existem barreiras para impedir que elas cheguem. E não posso chegar também. Não posso mais viver de palavras. Não posso mais viver esperando que suas promessas se concretizem. E esperando que meu coração pare de dar mil voltas para encontrar um ponto seguro aonde aportar. Eu cansei de minhas verdades. Entendi que isso não tem sentido, nem razão, nem fim. O que eu busquei até agora nesse meu mundo foi só pra preencher o espaço que você deixou. E todos os dias eu imagino os nossos dias, e penso em como seria a nossa vida. E como seria ter o teu olhar pra silenciar minhas palavras absurdas. Não consigo acreditar que você existe, não sei mais confiar naquilo que meus olhos são incapazes de observar. Ainda assim, é nessa verdade ilusória que meus batimentos cardíacos se guardam. E se estabilizam. Estou perdendo a razão em todos os momentos e escrevo para acreditar que um dia isso passa. Eu perdi todo esse tempo. Eu quis acreditar que viveria, que amaria, sorriria e encontraria milhões de sentidos. Mas eles não existem. E não é paranoia minha querer. Não é loucura minha te querer. É a minha realidade de todas as manhãs, a minha verdade de tantas palavras, minha razão de tantos fatos e busca de tantos dias. É o meu desassossego de todas as noites antes de o sono chegar. É imaginar teus trejeitos, delinear mentalmente teus traços, ouvir tua voz, sorrir com teu sorriso. É loucura. E é real. Até demais para a realidade. Demais para te fazer entender. Demais para ser racional. Eu só não posso mais aceitar tantos erros. Tantos métodos sem resultado e pessoas em conteúdo e dias sem claridade. É demais viver sem você. Mais do que insuportável. Enquanto a chuva cai eu escrevo para te dizer que minhas mentiras chegaram ao fim, meu coração é teu e o tempo não mudou nada. Não curou nada. Fez o mundo girar e te trouxe de volta. 
 Aprendi que nem mesmo a distancia pode me impedir de amar.  Pude sentir todas as emoções de alguém que ama uma pessoa tão próxima e ao mesmo tempo longe.  Eu pude sentir isso durante muito tempo e agradeço a Deus por essa sensação, foi uma grande experiência, a qual nunca vou esquecer. Até porque, sei que só pude sentir isso por uma única pessoa e jamais sentirei novamente toda aquela excitação de vontade, prazer, saudade e paixão ao mesmo tempo, juntamente com uma dor que batia no peito e um friozinho que gemia dentro da minha barriga. Uns dos sinais de amar alguém, de ter vontade de alguém, mesmo tão longe, mesmo tão perto. 

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Acabou



Eu realmente deveria parar de me torturar, de te deixar me afetar. Eu deveria parar de procurar a tua voz, ler o que costumavas me escrever, dizer e fazer. Eu deveria jogar todas estas coisas tuas, que me lembrem de você fora. Mas, hoje já é impossível. Hoje, é hoje, amor. É nosso trágico dia, nosso trágico fim
Estou aqui, tentando apagar a ideia de que você possa lembrar que dia é hoje, tentando viver como se houvesse vida sem você nela. Chega a ser cômico, apesar de ser trágico, mas até mesmo o dia parece saber que o sol não deve brilhar, e o frio deve assolar a cidade. Até mesmo os pássaros se calaram e as flores não desabrocharam. Mas que merda de dia, que música inconveniente para tocar agora!
- Preciso falar contigo, preciso de ti, mas não se pode ter tudo.
- Ei, estraga prazeres, é hoje.
- Vais lembrar só hoje? Por que não mês passado, nem no outro?
- Porque nem tudo é do jeito que quer.
- Mas que droga, eu te amo!
- Eu também, mas acabou, chata.
- Não, não diz iss…
- Acabou, faz meses, querida.
- Não me insulte.
- Por que o faria? Acabou, não preciso disto.
- Não fala que acabou, mas que merda!
- Acabou, por mais que você ainda me ames, e eu te ame, acabou. Não temos solução, nem mesmo problema. Só não fomos feita para isto, para o amor.
- É medo, eu sei. Te conheço.
- Não, não é. Eu só encarei os fatos, por isto não liguei antes.
- Não chame de encarar os fatos, se tivesse, teria pensado no quanto já sofri em ficar sem ti!
- Você fala como se eu não sofresse, não sentisse. Você fala como se eu fosse a culpada.
- Bom, eu fui a culpada. Eu não fui suficiente.
- Você foi, você é, e eu só quero a ti, mas estraga prazeres. Não dá. Por que a gente não pode tentar?
- A gente não pode porque vai doer mais, vai dar assunto a quem tá se calando. Você quer se machucar mais?
- Eu te quero e se para isso eu tiver que sair machucada, eu não me importo!
- Olha o que tu tá dizendo! Olha a loucura! Isso é masoquismo, amor. Está doente?
- Sim.
- Não ouse dizer.
- De amor, por ti.
- Você tá mais parecendo uma novela mexicana do que uma pessoa! Te escuta falar.
- Eu escuto, mas agora eu.
(silêncio)
- Desculpa, meu anjo, acabou. É a última vez que escuta de mim que te amo e que sempre amarei. É a última vez que eu lhe dirijo a palavra ou lhe incomodo. É a última, acabou mesmo. 
- Mas da última vez nós dissemos isto e…
- Foi um erro, nós não deveríamos ter dado mais um chance. Acabou sendo a mesma história, o mesmo fim estúpido e idiota. Não podemos ficar juntas.
- Mas eu não posso ficar longe de ti. Eu preciso de ti tanto quanto precisas de mim, mas…
- Acabou…
- É.
(silêncio)
- Pequena, não chora.
(choro baixo)
- Desculpa, eu preciso desligar. Feliz aniversário para o nosso fim.  Te cuida, pequena.
A linha ficara muda, mas eu não havia desligado. As palavras escoavam por minha mente. É, acabou. Acabou do pior jeito que poderia, Nem amigas, nem casal, só duas pessoas que se amaram, mas se perderam em algum lugar. 

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Será que pensa em mim ?

Eu fico me perguntando se você pensa em mim o quanto penso em você, porque mesmo longe minha vontade é cuidar de você e não deixar que nada te faça mal. Me desculpa por não ter te conhecido antes? Me desculpa por não estar ao seu lado há tempos? Me desculpa por surgir na sua vida agora? Eu faria qualquer coisa para te ver sorrir, para arrancar um sorriso seu,  dentro de mim ele é lindo e só de imaginar eu já me sinto bem. Você já parou pra pensar que eu me importo com você mais do que demonstro? Que minha vontade é de dar uma voadora em todas as pessoas que podem te tocar? Porque você sabe que eu sinto ciúmes até do seu nome, do seu sobrenome, da sua sombra, da suas manias, sabe que sinto ciúmes quando vejo alguém se aproximando. Porque você é assim para mim, única e especial. Mesmo quando você não me quiser mais por perto, mesmo quando você não me merecer, eu estarei aqui de abraços aberto e com um sorriso no rosto só esperando para cuidar de você. Eu posso te dizer que o que sinto é verdadeiro, porque do fundo do meu coração eu sei que é verdadeiro e não é uma frase qualquer que daqui um tempo não irá valer nada. Enquanto eu puder e até mesmo quando não der mais, eu vou fazer valer tudo, por mim, por você, por nós.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Um dia.



E num breve dia tudo se acabou, terminou fim. E eu não estou falando do amor, eu tô falando da relação. Eu sei que já  perguntei diversas vezes o porquê do ”fim” e até sei a resposta, mas aquela sensação de que se eu ainda, por ventura, tivesse você tudo estaria diferente. Aquela ideia que fomos feita uma para a outra não está distante sempre bate em minha porta, querendo entrar pra vê se dessa vez eu faço diferente. Porém, sinto medo. Medo de ser o mesmo imbecil de antes e fazer-te mal, magoar logo quem sempre cuidou bem do meu coração. A dor de vê você triste  saber que chorou por minha causa  novamente, é maior que qualquer dor inexistente em meu ser.  Não pode chorar por mim eu não mereço nenhuma de suas lágrimas, não mereço nem o teu amor. Amor teu que tão grande é, que me deixa completamente surpreendida e sim, me sinto amada. Eu deveria sumir, desaparecer, sair de perto pra deixar que tu viva a sua vida, mas sou orgulhosa ao ponto de permanecer aqui  esperando aquele dia que tudo vai acontecer. É estranho, mas sabe uma sensação que invade o peito e sempre fica dando palpite que no final é com você que eu vou estar? Então. Sei lá, a gente deve ter nascido pra ficar juntas mesmo não agora, ou depois, mas uma hora sim, como tudo deve ser.  Ou não o futuro é tão imprevisível e dói. Não quero planejar nada agora, acreditar em algo agora que la na frente não vai acontecer, vai se dispersar e tudo ser perder. Porém, a esperança é a ultima que morre. E o que tiver de ser  será.  Daquele jeito bom que a gente sempre sonhou, ter um filho que vai puxar a você , viver a vida tendo você ao meu lado, nos casar  e ser dois corpos em uma só alma.  Com amor, carinho, desejo  prazer. Tudo o que um casal normal e felizMas não precisa me esperar pode viver a tua vida, beijar quantas bocas quiser, ficar com quantas ”Uyre” aparecer porque eu sei, creio e acredito que em teus sonhos, é eu que vou prevalecer. Minha menina.  
     Sou aquele tipo de pessoa, que escuta as coisas, e fica o dia inteiro com elas na cabeça.

Ah o amor.

Ah o amor. É estranho diferente e ao mesmo tempo completamente fácil de se lidar, As vezes é complicado e não conseguimos entende-lo, mas na maioria das vezes o amor é tão direto que fica escrito no brilho do olhar. É aquele clima gostoso que você sente quando tudo a tua volta está distante, e aquele frio na barriga do nada quando escuto o vento soprar sussurros no seu ouvido. Aquele cheiro que a gente sente sem ao menos nunca ter sentido de verdade, aquele toque que nós só imaginamos mas sabendo que vai nos causar arrepios, aquele abraço que você sabe que é o melhor do mundo sem nunca ter tido. O amor é assim, ele nos tira as calças e nos faz aprender a perder a vergonha da forma mais difícil, ele nos tira a coragem naquele momento em que o terror se passa em nossa mente, nos ensinar a andar de ré sem precisar de parabrisas. Amor que distância nenhuma impede, amor que a cada gesto só cresce, amor que não precisa está perto pra sentir. É, é o amor quando você escuta uma música e automaticamente vem aquele nome na sua cabeça, quando percebe que está sorrindo sem motivo algum e se toca que é naquela pessoa que se pensa, é quando os sorrisos mais sinceros são tirados. Amor, amor e amor ele se esconde na maioria das vezes nas palavras nunca ditas, se esconde  nas mãos que se agita e multiplica, está presente até numa gota de chuva. Pode ser uma flor, um olhar, um abraço, um toque, um sorriso ou apenas um ”oi”, pois o amor não foi feito pra ser entendido mesm tem que senti-lo. Amor que nos tira do chão e nos leva a viajar pelas nuvens, amor que não bate na porta para entrar ele é tão mal educado que entra sem pedir e a gente faz o que? A gente ama, ama daquele jeito gostoso e dengoso, com aquelas palavras possessas que mostra onde deve pertencer, ama com aquela vontade de querer. Amor que não se mede e não se acaba e como um raio de sol aumenta e não se abala, amor que quanto mais ama mais o sorriso no rosto se exala. Dói, machuca, maltrata só que o importante é que cura, costura, apoia, segura. É o amor que se mistura.
         As vezes só preciso de um tempo só, para poder colocar minhas idéias em ordem.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Caro Futuro.

Futuro, seja lá o que venha a me guardar, que guarde em um lugar bem doce, guarde com carinho e cuidado, seja lá por onde andar futuro, seja meu anjo da guarda em dias tristes, e trilhe minha vida em um papel bem ornado, com palavras bonitas e pedaços de sentimentos bem doados. Não quero desmerecer o que passei e muito menos banir o passado de minha vida. O que seria de mim sem essas lembranças que me levam a completa nostalgia e me guiam a um completo enlouquecimento de amor? Diga-me futuro, o que seria? Tuas palavras não precisam ser bem vistas aos olhos nus de quem não enxerga, mas explica a mim o porque de tanta dor, o porque de tanta demora. Acredito que esteja embrulhando um presente bem dado, costurando uma roupa bonita para dividir com meu futuro amor, confio em você futuro. Sei que haverá mais luta, mas peço menos dor, menos desencontros, menos vai e vem, algo fixo. Mesmo você que já teve caso com o passado, que sofreu e hoje anda sem amor, confio em você, meu caro. Traga-me boas recordações, não mate as lembranças que seu amante passado me proporcionou, deixe-as aqui, pra que me lembre o quanto forte fui ao superar e ainda ter coragem de revivê-las. Insano, eu sei. Mas você sabe futuro, foi o passado que me fez assim, costurado e montado feito um quebra-cabeça. Só por favor, ande logo. Não temo suas feitorias, temo sua demora em fazê-las. Haja logo, faça, mude, misture. Não precisa ter vergonha em rabiscar no vão de meu destino, eu sou feita de pedaços, sou feita desses amores mal compreendidos, destas lascas mal acabadas, destes momentos vividos. Ainda que demore a vir, eu te espero. Só falo algumas palavras, não tema em aparecer sozinho, entendo  a dor que recai sobre teu peito vazio, mas venha, entre pela minha casa, tome um chá, converse em minha vida, seus pedaços serão sempre bem-vindos. Do mais, espero notícias suas, meu futuro.

Eu não quero rir com outra pessoa, eu não quero abraçar outra pessoa, eu não quero beijar outra pessoa e muito menos amar outra pessoa. Eu quero é rir contigo, abraçar você, eu quero beijar e amar você. Só você.

domingo, 11 de setembro de 2011

Cuide dela por mim (?)

Ei, você que vai ser o futura mulher que a terá nas mãos, tens que saber que ela não é qualquer uma, não, ela é aquela que vai entregar todo o amor guardado pra você, então, não desperdice a chance de abusar desse sentimento; quando sentir que ela está distante, a abrace, mostre pra ela que tu está ali para o que ela precisar.Nunca, jamais, faça ciumes a ela, primeiro que se você perceber esse ciúmes, é um gênio e segundo que ela irá se irritar e isso tira o sorriso tão lindo que ela tem. Outra coisa,não a faça chorar  eu já a fiz chorar e foi de raiva, e a sensação é tão estranha pelo menos comigo, era como se aquelas lágrimas de ódio que passavam pela maçã de suas bochechas levassem junto uma parte minha, é insuportável, então não a faça chorar, o sorriso dela contagia, salva o dia, harmoniza. Elogie ela sempre, ela adora, mesmo que as vezes não seja humilde, sempre brota um brilho naquele olhar hipnotizante, elogie sempre, uma princesa sempre terá que ter o ego alto. Ah, e tenha paciência, ela demora a processar os pensamentos e até mesmo uma conversa, como se tivesse no mundo da lua, ou apenas que tu tenha falado grego, mas é cômico, ela sempre irá te fazer rir com esse ”defeito de fábrica”. Tenha paciência tambem com suas atitudes e sentimentos, ela não irá dizer o que sente assim tão rápido, então pra que você não a deixe partir perceba na força de suas palavras  na maioria das vezes, o ”eu te amo muito” dela sempre carrega mensagens subliminares. Ela é complicada e fechada, posso compará-la como uma rosa linda, cheirosa, pétalas fortes mas cheias de cravos para  protegê-la,  Ela é insegura masacredite em mim, vale a pena lutar! Fica atento em tudo que ela disser, ela tem cada mania cada jeitinho diferente, se tu a conhecer bem, vai perceber essas mudanças, o que ajuda muito pra saber a hora que terá que animar ou só escutar. Quando ela ficar meio calada e disser que não é nada, insista insista mesmo, uma hora ela sempre diz, mesmo que com palavras distorcidas e com uma explicação meio torta, sempre tem uma razão pra tudo que ela estiver sentindo.Cuidado pois ela sabe fingir ser forte muito bem, fica atento. Não desista não desista se você perceber que o jeito  confiante e imperativo que ela fala mudar se a postura dela se modificar, se seus olhos brilharem, se ela ficar sorrindo feito uma hiena, não desista! Eu desisti porque bom, não era pra mim, era areia demais para o meu caminhãozinho, e ela merece alguém bom o bastante e se for mesmo você que ela deseja, faça por merecer cada carinho, cada gesto de amor, cada palavra  cada minuto ao seu lado, por favor. Seja a muralha, seja o escudo, seja os cravos dessa bela rosa, não a decepcione. Ela será aquele livro interessante, que te fará consumir cada página com mais vontade de chegar no final e se conseguir chegar lá, não duvide do ”felizes para sempre”. Cuida dela, cuida dela como eu tentei cuidar tento, cuida. Ela é frágil mas madura, inteligente e decidida, então faça ela mostrar a você o lado dengoso tão gostoso que ela tem. Beije, abrace, aperte…a ame, seja fiel a ela, pois, com inveja digo a ti, que tu tens em mãos a garota mais perfeita de todo o mundo. 
E quando não existir mais ninguém, quando todos forem embora, me restará você A única parte de mim que não me permito perder.

Não quero


É o seguinte, eu sei que eu posso viver sem você, mas acontece que eu não quero. Sabe, hoje eu me perguntei o porque eu vivo. Pra que continuar respirando nessa porra de mundo? Procurei motivos pra viver. Pensei nos meus sonhos, na família, nas minhas amigas, no futuro… mas não era o suficiente. Então eu pensei em você. E poxa eu descobri que você é essencial para mim. Eu preciso de você. Eu não sei o porque eu to escrevendo isso, mas foda-se. Eu preciso desabafar e isso ta entalado aqui. Eu te amo como eu nunca amei ninguém. E isso não faz diferença alguma, foda-se. Se eu não desisti até agora, foi por você. Sinceramente, vai se fuder (escolha o sentido que você quiser). Não sei o porque disso, não entendi  mas foda-se. O que eu vou fazer agora? Essa pergunta não sai da minha cabeça. Você é o motivo pelo qual me faz querer tropeçar, cair e levantar; querer aprender querer um futuro… foda-se. Caralho, pra que eu to fazendo isso. Você já deve ter saído. Mas mesmo não lendo isso, algumas coisas precisam ser ditas: não pense que eu vou te esquecer, porque isso não vai acontecer e lembre-se, amor não morre. Eu sempre vou te amar, independente de você aqui ou não. Eu te amo. E até logo, né? Eu vou te esperar o tempo que precisar. Eu vou estar aqui, para você. Eu te amo. 

ps: Se cuida fica bem. Eu te amo, muito. 
ps²: Eu sou muito dramática, confesso.
 Não quero deixar de te amar, não quero te perder, não quero te deixar ir, não quero que você pare de pensar em mim, não quero que tu deixe de me amar, não quero nada.. só você.. pra sempre enquanto esse ”pra sempre” durar. Eu vou te amar.

Pensar


Hoje eu parei pra pensar, pensar em tudo o que eu passei, em tudo o que eu pensei, no que eu deixei pra trás, no que eu trouxe comigo, no que eu aprendi, no tempo que eu vivi, no que eu aproveitei e deixei de aproveitar, em quanto tempo eu sofri, pra bem depois encontrar a famosa felicidade. Em quantas lágimas eu derramei por quem não derramaria uma por mim. Em quantos sorrisos eu dei, quando a minha vontade era deitar na cama, abraçar meu travesseiro e acordar só quando tudo estivesse bem. Em como as coisas mudam. Em como o tempo passou. Hoje eu parei pra olhar o meu passado, e ficar feliz com o meu presente. As coisas dão voltas, o que era bom ontem, hoje não é mais. Hoje eu parei pra pensar com o sofrimento faz a gente crescer, como as lágrimas aliviam. Parei pra pensar em como é ruim ficar com aquele nó na garganta. Pensar em como é ruim ficar com aquela ância antes de ir ve-lo e em como é bom ser abraçada por ela. Como é ótimo ter uma pessoa que com um abraço te faça sentir bem, protegida. Em como é linda uma amizade verdadeira. Como é bom ter colo de mãe quando as coisas não dão certo. Diria que hoje eu parei pra pensar em como o sofrimento me trouxe coisas boas. Como me ensinou a valorizar pequenos gestos, olhares, sorrisos. Como fez-me crescer de uma maneira incrível. Como fez eu perceber que apenar eu posso ser feliz por mim, e ninguém mais pode botar um sorriso no meu rosto. Se eu quero sorrir, eu vou sorrir, eu vou buscar motivos pra sorrir. Hoje eu parei pra agradecer o quanto Deus foi bom comigo, tanto por ter deixado-me aprender, até mesmo por ter botado as pessoas maravilhosas que botou na minha vida. Então, nunca deixe alguém tirar o brilho do seu olhar, sempre busque motivos para mante-lo ali, por menor que seja, sempre existe.
Só quero que acabe essa porra de distância logo. Quero poder te beijar, te abraçar, cuidar de você quando estiver para baixo, te chamar de boba, idiota, chata, irritante e no fundo você saber que eu te amo muito. Eu cuidaria tão bem de você, me importaria com os pequenos gestos que você fizesse, falaria todo dia o quanto você é importante pra mim. E nada mais me importaria, porque eu estaria ao seu lado.

Vou te esperar.

Ei, estou escrevendo porque senti vontade de você. O que na verdade eu sinto sempre, todos os dias. Tenho que falar, você não sai da minha cabeça e isso me deixa cada vez mais perdida. Eu quero estar com você a todo momento, sentir seu cheiro, poder colocar a mão entre seus cabelos enquanto te beijo. Mas eu simplesmente não posso, essa distância nos separa, separa nossos corpos de uma forma cruel. Eu quero pode deitar com você e ficar conversando sobre coisas bobas e rir delas. Quero poder acordar e ficar vendo você dormir. Quero poder ficar abraçada com você nos dias frios vendo filme e comendo pipoca. Quero poder te irritar ate você parar de falar comigo e depois te irritar de novo para você poder falar comigo. Quero poder dizer que te amo no seu ouvido e quero gritar isso também. Quero poder acordar e ver nossas roupas espalhadas pelo chão pelos acontecimentos da noite anterior. Eu quero você, entende? Estou chorando e não consigo parar, por saber que você esta tão longe de mim, por saber que eu não posso te tocar e outras pessoas podem. Por saber que outras pessoas podem ter seus beijos e seus abraços, mas eu não. É por isso que estou chorando. Estou chorando porque eu sei que se você estivesse aqui nesse momento eu seria a pessoa mais feliz. Eu sei que se você estivesse aqui, comigo, meu coração estaria calmo e leve. Não estaria querendo explodir dessa forma como esta no momento. Eu sei que você pode me achar uma patética e uma desorientada por dizer tudo isso. Mas é a verdade, eu te quero tanto que isso chega a doer pois eu não posso ter. Mas eu te juro amor, eu sou capaz de esperar por você o tempo que for. Sou capaz de esperar o tempo que for apenas para estar ao seu lado. Espero o tempo que for para finalmente ser totalmente sua, e você totalmente minha. 

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

sábado, 3 de setembro de 2011

Ei amor, eu ainda me lembro de todas as nossas promessas não cumpridas. Eu me lembro do seu cheiro. Eu me lembro de como a sua pele era quente. Eu me lembro do jeito que você sorria. Eu ainda me lembro da sua voz. Eu me lembro do modo como você ria. Eu me lembro do teu jeito de andar.Eu me lembro das nossas  juras falsas de amor. Eu me lembro das nossas conversas, eu ainda as guardo comigo, e quando sinto saudades vou até elas, tentando me convencer que o seu amor era real. Eu ainda me lembro de você, mesmo tentando te esquecer.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Nada que uma adolescência pra te ensinar a viver.

A seis anos atrás era uma menina tão ingênua não tinha maldade nenhuma, não pensava que pessoas eram tão maldosas, na verdade a maldade não está no olhar dela, mas sim na sua mente nas suas ações e reações. Eu não pensava no que eu realmente queria me formar, eu só pensava em brincar, em poder passar dias e noites, brincando na rua com meus amigos de infância, era uma criança tão ingênua. Quando entramos na adolescência descobridos a vida, mas uma outra vida, não a de responsabilidade e sim a de loucura, você quer sentir o sabor da liberdade, de estar livres de tantas coisas. E aquela criança que brincava, que achava que a vida era contos de fada, que pessoa não tinha maldade, sua mãe sempre a protegia de tudo, aquela criança cresceu  agora ela é uma mulher, que está construindo o seu futuro, sabendo o certo e o errado, concertando os erros do passado, pra poder seguir sua vida. Não pensei que hoje seria essa pessoa, você nunca espera, eu não me surpreendo mais, não posso nem imaginar como eu estarei daqui a 30 anos, mas espero que eu esteja melhor que agora. Hoje eu sei o que é perder pessoas que você ama, sei o que é largar o amor da sua vida pra poder seguir seus sonhos, eu sei quem são as pessoas de verdade,  tenho todos os prazeres que a vida pode me dar, fiz realmente o que eu sempre quis e um pouco mais do que eu queria, e se me perguntar você se arrepende ? - Não, de nada de que fiz e disse. Posso ter tido erros mais eu vi eles, tentei concerta-lós 'alguns', e outros eu deixei pra que eu pudesse acertar da próxima vez. Sei realmente meus gostos e desgostos, a cada dia que passa eu me conheço mais e mais, pode ter uma pessoa que conviva comigo 24 horas por dia nunca irá me conhecer, da forma que eu realmente me conheço, na verdade isso não serve só para mim mas como para muitas pessoas. Eu tenho a melhor vida, sou tão feliz, nada eu disse nada me abala, por que a minha felicidade é maior que qualquer coisas, ela se transbordar, eu sou que nem a teoria do Aristóteles, a felicidade vem da  alma. Eu tenho a melhor mãe do mundo, eu juro não a magoei, porque ela me ama e sempre me acoberto das cagadas que fiz e faço, sempre esteve comigo no maior perrengue da minha vida, me educou me amou, eu sinto o amor dela nos olhos, gestor só na forma que respira, ela sim fez o papel de mãe. Tenho o  melhor amigo do mundo, ele é tudo pra mim sempre está comigo, temos mesmo sonhos e só faltas as realizações. Eu sinto que ele é verdadeiro, sincero nos damos super bem, espero que nossa amizade dure a eternidade e que fiquemos velhinhos contando nossas histórias loucas. Agora o amor? Sim, amei, amo e sempre amarei ela, mas quer saber ? - O amor mais bonito, é aquele não dito e sim sentido. Eu tenho que mudar muitas coisas em mim, nada que o tempo pra me ajude a mudar, por que a mudança tem que vim da força de vontade. Adolescência acaba, e o que vem, realidade, conquistas, sonhos, realizações. E eu? - ESTOU EM BUSCAR DELES. 

domingo, 14 de agosto de 2011

Dor.

Eu sei como é se segurar e deixar para chorar só quando ligar o chuveiro, assim ninguém vai perceber que eu estou chorando. Eu sei como é refletir sobre a vida antes de dormir e se certificar de que ninguém está acordado para começar a chorar e soluçar. Eu sei como é sofrer tão dolorosamente que às vezes você precisa fingir que vai ao banheiro, ou beber água, apenas para lavar o rosto e se recompor. Eu sei como é ter os olhos úmidos e aquele medo de que não seja forte o suficiente para segurar as lágrimas quando está em público. Eu sei como é sentir aquele nó enorme na garganta, que te sufoca, até que você cede e chora. Eu sei como é sentar na cama, pegar o travesseiro e chorar tanto, mas tanto, que se surpreende com o rio que terá que esconder da sua família. Acredite, eu sei como é tudo isso.




“A distância entre a amizade e o amor pode ser a distância de um beijo.”

Falsidade.


         E com o passar do tempo você percebe que consegue viver e ser feliz sem aquelas pessoas que lá no passado você não se imaginava viver sem elas.
Seja um amor ou uma amizade, sempre te decepciona, não são todos, mas vem daqueles que nós menos esperamos ser falsa, não é só falar da outra pessoa, ser falsa é prometer uma coisa e não cumprir é abandonar amizade e decepcionar, a falsidade ta solta pelo ar. E você se pergunta cadê aquela pessoa que prometeu ta aqui ate o fim? Cadê aquela amiga que se dizia verdadeira? Aquela que te passava confiança? Aquela que você não imagina viver sem. Você nem percebeu, mas aos poucos ela estava se afastando e você estava vivendo do mesmo jeito (ou ate melhor) se você não percebeu é porque na verdade você não se importava tanto, um dia foi importante, mas hoje? Bem hoje é insignificante, e só é mais uma entre as milhões lembranças ou talvez decepções que você passou e superou você vai seguindo enfrente, mas não é mais a mesma, porque um coração magoado jamais volta a ser o mesmo depois de uma grande decepção.
Mas uma coisa você aprende, que uma amizade falsa é pior que um inimigo, porque a amizade falsa sabe de todas as suas fraquezas e o inimigo não. Você aprende muito, principalmente que amizade de verdade não é aquela de anos, de muita convivência, pra ser de verdade basta ter confiança e é essa confiança que eu nunca encontrei em você.
Um dia você vai abrir os olhos e vai ser tarde demais. Eu já ouvi falar em ex-namorada, mas nunca em ex-amiga, talvez não exista, porque se fosse amiga de verdade não seria ex, isso é a mais pura falsidade.


PS: Você se tornou tudo àquilo que um dia você jurou não ser. Não é ódio, é decepção.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Ironia é você não acreditar em amor a distância, e se apaixonar justamente por uma pessoa que mora milhas de distância de você.

Sinceridade.

Quando você sofre disso, você cria dependência, de drogas, de pessoas, de costumes, de tudo, você  passa a viver em função de coisas, você precisa de uma legião de componentes para ser feliz, e nem assim você consegue ser feliz de fato por muito tempo, uma semana, duas semanas , já é demais pra você.
Você passa a fumar, porque fumar alivia sua ansiedade você passa a se dopar, porque se dopar te alivia das suas dores ter prazer é difícil DEMAIS pra você, quando tu sofre disso de fato é uma doença. Ninguém é bom o bastante pra você, mas você precisa sentir, VOCÊ PRECISA sentir, amigos não são o bastante pra você, só desejo não é o bastante pra você, você necessita de algo maior, mas ninguém parece bom pra você, as vezes você acha alguém, ai já era, naquilo você fica naquilo permanece, você põe na cabeça que precisa daquilo pra viver, não precisa é só a insatisfação com a vida, você precisa de muito para estar feliz, grandes desafios, que nunca chegam a ser grandes conquistas correr grandes riscos, que sempre te destroem, se expor a possibilidade de ser dependente de algo perigoso demais, por pura necessidade de estar feliz, de ter animo, você não consegue ser feliz naturalmente. Não dá !
Você esta em um lugar onde todos riem, mas você não se diverte realmente, você esta com alguém que gosta de você e que esta feliz por estar com você, mas você só queria estar em casa sem fazer nada, volta e meia você perde o animo de pisar para fora da sua casa, afinal, sair pra que? Não haverá diversão alguma ! Você não tem controle, porque controle é coisa de gente normal, e você não é normal você precisa de mais do que eles de bem mais, e você sempre vai atrás desse mais. Suas manias estranhas, sua intensidade e sua fraqueza, seu medo de indiferença, seu medo de mais uma dependência, sua falta de sinceridade, sua ansiedade, você come porque ta ansiosa, você fuma porque ta ansiosa, você toma litros e litros de alguma coisa, que nem precisa ser alcoólica, porque você ta ansiosa, mas não é um dia ou outro, é TODO DIA ! Sua superficialidade, NÃO DA pra não ser superficial, se você fosse natural seria um reclamona, seria insuportável ,e os que te amam ia querer te ajudar, mal sabem eles, palavra nenhuma te ajuda, e você mal sabe falar sobre si mesmo, quantas pessoas despertaram tua sinceridade absoluta até hoje? Uma? Duas? Pra ser sincera, foi apenas por uma pessoa, por ama-lá mais que a mim mesma. 





Apenas uma Ilusão.

Todo dia, quando eu olho sua foto no visor do meu celular, eu sei porque eu ainda estou aqui, eu sei porque eu te espero, eu sei porque preferimos esse inferno, a ficarmos separadas. Do nosso amor, a gente é que sabe. É isso que define aquela historia, 'na alegria e na tristeza' não é? Se não conseguem entender que isso se trata de sentimento, e não de um mero capricho de duas adolescentes, então é eu que não entendo. Você poderia ceder , e então viver a sua vida em paz, sem problemas, sem alguém que te acompanhe, te siga, te leve e busque a todo lugar que vai. Eu poderia saber quando vou sair, e nunca mudar meus planos, teria mais tempo livre, menos tempo a te esperar, você saberia que a graça das coisas só existiriam momentaneamente, quando estivesse alcoolizada provavelmente. Sentiria falta de mim todos os dias, e lembraria de como eramos felizes juntas todas as noites antes de dormir. Eu não ia ter vontade de sair, pouco conversaria com os amigos, e ia rir bem menos. Minha família perguntaria porque estou de mal humor e quieta, eles saberiam. Eu não ia querer contar a historia pra ninguém, nem falar de você. Lembraria de como eramos felizes juntas todas as noites antes de dormir. Em uma determinada época você conheceria alguém, e ia se lembrar todos os dias, que ela não se parece comigo.
Eu também conheceria, iria me irritar todas as noites que ela não quisesse dormir deitada no meu braço. Iriamos tentar imaginar nossas vidas com essas novas pessoas, você só veria a mim, eu só veria você, e ai, teriamos certeza, que seria melhor viver longe esperando pelos dias em que passariamos uma hora ou duas juntas, a desistir. Eu viveria pra sonhar como teria sido se tivesse esperado por você, você se culparia por não ter feito mais por mim, seriamos infelizes. Então, prefiro receber felicidade a prestações, deitar todas as noites e saber que cedo ou tarde você vai estar comigo, e mesmo nessa aparente tristeza conseguimos ser felizes juntas.

          É assim que pensa sobre mim? Pois é, PROBLEMA seu ! E quando você é diferente, todos acham um motivo para te criticar. Mas se você for igual a todos, eles também irão te criticar. Então, apenas seja você.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Apenas uma história.

Seus olhos verdes são luz e cintilantes, brilham mais que o sol mais que diamante, nem as estrelas do céu tem tanto brilho, preciso desse amor desse teu sorriso ♫

Duas pessoas do mesmo sexo, mesmo nome e segundo nome e, histórias de vidas diferentes que as uniram com um grande laço de compaixão e carinho. Se cruzavam todos os dias em um mesmo lugar, em um mesmo ambiente de convivência mas o destino nunca deixou que as vissem. Pois elas não sabiam que a vida reservará uma ocasião especial, para aquele encontro ser perfeito, até o dia em elas se encontrem e sintam as vibrações de um sentimento irracional a torná-las aliadas. Suas vidas e histórias eram completamente diferentes, uma era uma garota mimada sempre teve tudo o que queria, não sabia das dificuldade que o mundo lá fora mostrava e outra sempre apanhou da vida, lutava contra seus sonhos. Até que o destino se encarregou de fazer com que as duas se encontrassem numa dessas caminhadas, para que cada uma levasse um pouco da outra. Um encontro que dois olhares se cruzaram, e um sentimento entre duas pessoas que não sabiam o que eram havia nascido, só não podiam se desgrudar por um segundo, conversas intimas parecendo que se conheciam a anos, contavam histórias de suas vidas e rolavam em meio a risadas descontroladas,  passavam os dias elas continuam a se ver, histórias e mais histórias a serem contadas e no meio de tudo isso uma das partes descobriu o que é AMOR. Só que não adianta uma apenas amar, e a outra sentir apenas um aconchego da outra parte. Cada uma com o tempo foi descobrir a vida de cada uma, aprender a diferença de duas partes as dificuldades, e falta de algo que cada sentia. Uma única coisa eram do mesmo signo, só que pensamentos, atitudes diferentes e personalidades desiguais, só que algo as uniam com uma força que nada as abalavam, tudo o que houve naquele tempo brigas, ciúmes, tristezas, invejas, mulheres, bebidas, drogas, amigos, rivalidade, farras e risadas. Uma mistura de tudo, e apesar de tudo o sentimento as  fortaleciam, depois de tanto tempo de tantas coisas estamos juntas e todos perguntam e ai o que rola entre vocês duas?! - Querem saber?- Um amor incondicional, que so nos duas sabemos o que realmente sentimentos, somos mais que amigas, posso dizer melhores amigas. E quero passar a  minha vida rindo ao seu lado, fofocando, saindo, telefonando tudo o que sempre fazemos. AMANDA CRISTINA DA CRUZ, quero passar tantas coisas ao seu lado, quanto tristezas e alegrias porque, esse é bom da vida entre trancos e barrancos estaremos unida pela força do nosso amor. TE AMO <3

                                                               P.S: A música que você diz que é a minha cara.

domingo, 3 de julho de 2011

Sentir, sem que se veja, a quem se adora, Compreender, sem  lhe ouvir, seus pensamentos, Segui-lá, sem poder fitar seus olhos, Amá-la, sem ousar dizer que amamos, E, temendo roças os seus vestidos, Arder por afogá-la em mil abraços: Isso é amor, e desse amor se morre

domingo, 19 de junho de 2011

Meu único amor.

                                      
 Quem ama nunca desiste, porém suporta tudo com fé, esperança e paciência.
No dia que eu te conheci eu apenas senti um prazer de falar com você, e com o passar do tempo que fui conversando e acabei me encantando com seu jeito de menina meiga, e os dias se passavam mais assuntos tínhamos mais juntas estávamos por mais longe que podia ser, nossos pensamentos era compartilhados, nossas metas e sentimentos eram quase idênticos parecendo que eramos feitas uma para a outra, como passar do tempo começamos a nos falar ao telefone e foi muito engraçado porque, nosso sotaque era diferente mais para nós duas não era nada importantes, e nossos telefonemas eram constantes, e conversas pela madrugada conversas e contar histórias de infância de família, para mim era muito perfeito e sinto falta desse tempo. No dia em que ti vi não tive reação só apenas te abraçar, eu quanto estive ao seu lado é como se só existisse nos duas naquele momento e que ninguém mais fazia parte da nossa histórias, que tudo o que eu disse pra você em todos os momentos, foi o que realmente eu estava sentindo naquele momento um AMOR intenso que palavras pra mim eram poucos para ser ditas para você, que você era tudo pra mim naquele momento. Foi horrível me despedir de você foi como se eu tivesse morrendo aos poucos, parecia que eu tinha uma vida com você e eu estava abandonando aquela vida. Muitas coisas ocorreram depois disso e sei que fiz muito coisa errada, e me arrependo o máximo do que fiz me desculpa se te machuquei tanto assim eu juro que não queria. O que eu mais queria é ter você comigo sempre mais sei que não é possível e sei que isso nunca mais será possível, pois nos afastamos orgulho, ciúmes,  e brigas  fizeram que tudo o que se acabasse. Que um amor construído como tempo se esgotasse por bobeiras, e essas bobeiras fez com que sentíssemos apenas magoa uma da outra, e que o sentimento secasse que nem: Uma folha de árvore quando caí de seu pé ela com o tempo seca e nosso sentimento secou depois de tudo o que ocorreu. Me desculpa se te magoei se disse coisas que te machucaram juro não foi minha intensão. Todo aquele amor e  todas aquelas juras de amor , só foram momentos histórias contadas para que o nosso amor aumentasse e sem saber que ia dar nisso, cada uma seguindo sua vida e construindo um novo amor, e tentar esquecer o ex-amor. Eu sim te amei de verdade sem demonstrar, quando pensava em ti eu podia sentir teu cheiro, ouvir sua voz do além eu tentava descobrir porque tudo isso e a única resposta que eu tinha era um sentimento que tomava conta de todo o meu ser, que não podia mais controlar e nem manter calado eu tinha que expandir. Sentirei falta de suas risadas, palhaçadas, sua voz e principalmente de me estressar. Quando precisar de mim ou sentir minha falta converse comigo por pensamento meu coração irá te responder e estará sempre ao seu alcance, pois meu amor por você atravessa qualquer fronteira. Creio que haverá um dia que nós iremos nos esbarrar nessa vida no acaso, e se isso realmente for amor iremos ficar juntas nessa vida e seremos muito felizes porque, há incógnitas nessa vida que só o tempo nos desvenda.
                                                                                                      Autora: Amanda de Gasperi.

sábado, 18 de junho de 2011

Mesmo sangue.

Se eu fosse mais carinhosa com você, o que eu queria ser eu te diria que nunca senti tanto orgulho de você, que nunca imaginei que você chegaria um dia a ser assim comigo, eu nunca imaginei que você ia parar de me olhar com asco por causa das minhas roupas, que ia tentar me aconselhar quando me visse triste por alguma garota, que ia me abraçar no meio da rua e dizer que eu sou muito nova pra sofrer, nunca imaginei que você ia dizer que gosta do meu cabelo assim, que se acostumou com  minhas tatuagem,fumar, beber, amigos, festas e que "se alguém me bater, você vai bater com a policia e um pedaço de pau na porta da pessoa" Em 30 anos não existem relatos de você defendendo alguém,  então a primeira vez que você conseguiu me emocionar. Se eu fosse menos envergonhada eu te diria que eu deveria ter te abraçado quando você me disse pra trazer a garota que eu amo pra dentro da nossa casa, que você cuidaria dela, e de mim. Você, uma mulher de 37 anos, cristã praticante, que sempre morreu de medo do que os ''outros iam falar'', que a três anos atras me disse que preferia eu morta, do que eu dizendo que amava outra mulher, que a três anos atrás chorou como uma criança na minha frente quando eu disse que era inevitavel, eu me casaria com uma mulher, você um dia desses me viu chorando como criança e disse a coisa mais bonita que poderia ter dito, claro não dava pra fazermos isso, mas o fato de você querer isso, foi a maior prova de que você é capaz de me amar mais, muito mais do que é capaz de sentir algum preconceito. Eu deveria te dizer que você tem me resgatado nos ultimos meses, que eu não consigo mais passar por cima do que você pensa, que eu não te deixaria sozinha de volta, que você foi magnifica mudando tanto comigo, que poucas pessoas são assim como você que eu me sinto mais feliz sabendo que você vai me proteger, que você vai acabar me confortando com alguma das suas frases ingenuas quando eu estiver triste demais. Você parece que fica mais baixa a cada ano que passa, acho que você mede um metro e quarenta as vezes, os anos passaram, e eu as vezes me assusto quando sai da minha boca que você já tem 37 anos, me assusto mais ainda quando vejo que você não é tão forte quanto quando eu era pequena, as
vezes fico com medo de pensar que você vai envelhecer, que um dia vai sumir da minha vida de maneira irreversivel, que cedo ou tarde não vai mais ser a pessoa mais forte da casa que consegue levantar qualquer coisa pesada, consertar qualquer coisa, e ter o braço mais forte que eu já vi em uma mulher, você é a mulher mais forte que eu conheço, e quando o tempo passar, quando você não conseguir mais arrastar todos os moveis e não puder mais cuidar de tudo, e dos seus nenens de 18 anos que ainda vivem na sua casa, e dependem de você como criança, eu cuido de você, eu fico do seu lado, e eu prometo, que um dia nos vamos todos crescer, e ser pelo menos metade do que você é.
Esse ano foi a primeira vez que eu te dei um presente no seu dia, e eu me senti muito bem com isso, mesmo tendo vergonha de te entregar pessoalmente. Depois de passar meses com um amigo me dizendo todo dia que você era maravilhosa, e que eu deveria te dar valor, eu resolvi deixar você me abraçar de verdade sem reclamar, e você chorou. Eu passei metade da minha infância traumatizada com a sua falta de carinho, e com os malditos gritos que você soltava quando alguém queria te abraçar. Antes tarde do que nunca. Mas pensando bem, ainda é cedo. Eu ainda posso dizer que eu te amo? Eu ainda posso dizer que eu sinto orgulho de te chamar de mãe? Eu ainda posso dizer que você é o meu porto seguro, e que sem você hoje eu não seria grande coisa, ou não seria nada. Eu precisei crescer pra aprender a te amar como você merece, você precisou envelhecer pra demonstrar. Graças a Deus o tempo passou.
Eu estarei ao seu lado, onde quer que você esteja, o que quer que aconteça, não importa quão longe, por tudo que pode vir, e tudo que pode ir. Eu estarei ao seu lado ♫

Ciúmes.

Um dos maiores obstáculos de uma vida plena, mais expressiva e significativa é o medo de perder, sobretudo medo de perder alguém, o medo de perder quem dizemos amar: conjuge, filhos, amigos entre outros, esta emoção é a principal responsável pelo nosso sofrimento vital.

O medo de perder é o medo de tornarmos dispensáveis para a pessoa com a qual estamos nos relacionando, ele se reverte de mil e uma formas, aparece sobre mil disfarces, como o medo de sermos criticados, que falem mal de nós, medo de que nos humilhem, de sermos rejeitados, de não sermos importantes, de sermos menos prezados, de não sermos amados, medo da solidão, e tudo isso pode ser designado por uma palavra : C I Ú M E S !
O ciúme é o medo de não ter alguém, de não possuir alguém de não ser dono de alguém. Na relação ciumenta colocamos nós e o outro como objetos, nesta relação pessoas e objetos são a mesma coisa. No ciúme temos medo de um dia sermos considerados inúteis, dispensáveis a outra pessoa esta é a emoção do apelo, confusa, misturada, dependente e o que agrava é que na nossa cultura aprendemos como se o ciúmes sendo amor, e ele é justamente o oposto do amor pois na relação amorosa existe identidade, eu sou independentemente de você, na relação ciumenta, por outro lado perde-se a identidade eu sem você não valho nada, você é tudo para mim.
 O amor é solto, é livre vem de querencia intima, está diretamente ligada ao sentimento de liberdade, de opção e  escolha. O ciúme prende, amarra, condiciona, determina, com essa emoção eu já não sou eu, sou o que o outro quer que eu seja. E eu sou assim para que ele seja aquilo que eu quero que ele seja.
No ciúme há um pacto de destruição mutua cada qual, usa o outro como garantia de que não estará sozinho. Eu me abandono para que o outro não me abandone, eu me desprezo para que o outro não me despreze, eu me desrespeito para que o outro não me desrespeite, eu acabo me destruindo para que o outro não me destrua. O ciúme é o medo de ser dispensável a alguém, e o mais grave talvez esteja aqui, nós passamos a vida inteira com medo de tornarmos algo que nós já somos: TOTALMENTE DISPENSÁVEIS! O medo de ser dispensáveis a alguém é o mesmo medo que temos da morte que é real, pois o medo da morte é o ciúme da vida, é a vontade irreal de sermos eternos e imutáveis.

O medo de perder nos dá a entender que as coisas só valem se forem eternas, se forem permanentes e duráveis. Uma relação só tem valor se tivermos garantia de que a vida sempre será assim como é. E como tudo é transitório, como tudo é passivel de transformação, o medo de perder nos leva a um estado contínuo de sofrimento.As consequências do ciúme são muito claras. Se eu tenho medo de que me abandonem de que não me amem, de me tornar dispensável, ao invés de fazer cada vez mais para que cada vez mais eu seja melhor, acabo gastando toda a minha energia para provar ao outro que eu já sou o mais, que eu já sou o melhor que eu já sou o primeiro!
O ciúme no conduz ao delírio os nossos atos, nossas iniciativas, a nossa conversa, o nosso comportamento, as nossas considerações, tudo isso é para mostras ao outro que já somos bons, capazes e perfeitos. Aqui está a diferença básica e fundamental entre o medo de perder e a vontade de ganhar. O que temos de mais sagrado é a nossa própria vida esta nós iremos perder já já, todas as outras perdas são secundárias.
O medo de perder é reativo, defensivo, justificativo! As pessoas ciumentas estão sempre se prevenindo para não perder, sempre se preparando sempre se conservando.As pessoas, com vontade de ganhar estão sempre optando, arriscando, o medo de perder é a vivência do futuro, é a vivência antecipada do futuro, é preocupação.  No medo da perda a pessoa só vê os risco, na vontade de ganhar a pessoa também vê os risco, mas, sobretudo, vê as oportunidades, cada momento da vida é um desafio para o crescimento. É importante termos para nós, que hoje podemos crescer um pouco mais do que éramos ontem, que ninguém chegou ao seu limite máximo, que idade adulta não significa que chegamos ao máximo de nossas potencialidades, não existe pessoa madura, existe sim, pessoas em amadurecimento.

Todo nosso crescimento se dá por uma paralisação de nosso crescimento pessoal, e cada um de os sabe muito bem onde paralisou, onde nossa energia está bloqueada, onde não está tendo expansão de nossa própria energia. O ciúme é a doença do amor, é um profundo desamor a si mesmo e consequentemente um desamor ao outro,  o ciúme é a dor da incerteza com relação ao sentimento de alguém no futuro. É a raiva de não possuir a segurança absoluta do relacionamento no futuro, é a tristeza de não saber o que vai acontecer amanhã.  Desperdiçamos o único momento que temos, que é o A G O R A, em função de um momento inexistente: o F U T U RO ! Parece que as pessoas só valem para nós amanhã, no futuro. O ciúme é a incapacidade de vivermos a gratuidade da vida.
Posso me arrepender dos erros que cometo, mas o sentimento de não ter tentado é extremamente sufocante, e detesto tudo que me prende, me sufoca.